Supermercados na França testam produtos com insetos

Por BBC | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Prateleiras receberão bolachas salgadas com sabor grilo com cebola ou queijo cheddar com larva de farinha

BBC

Supermercados na França, país reputado por sua gastronomia, estão testando ou promovendo o consumo de insetos. O Carrefour, maior rede de supermercados da França e vice-líder mundial do setor, irá vender, no início de 2014, biscoitos preparados com pó de larva de farinha.

Conheça a nova home do Último Segundo

Crickeat
Gafanhotos, grilos e larvas de bambu

São bolachas salgadas da marca Micronutris, com sabores como grilos com cebola ou queijo cheddar com larva de farinha, além de biscoitos doces, de caramelo também com larva de farinha.

A iniciativa é uma operação teste do Carrefour em uma unidade da rede em Toulouse, no sul da França, disse uma porta-voz do grupo à BBC Brasil.

A ideia, segundo o Carrefour, é observar a receptividade do consumidor em relação a esse tipo de produto. 

Mensalmente, a Micronutris, fundada há dois anos, produz uma tonelada de insetos, que podem ser consumidos puros ou utilizados na fabricação da farinha dos produtos da marca.

A produção de insetos da empresa deverá ser multiplicada por dez no próximo ano, afirma Cédric Auriol, proprietário da Micronutris. Segundo ele, os insetos, criados na França, são alimentados com frutas, legumes e farinha de trigo ou cevada.

"Há um real interesse dos supermercados franceses e também europeus por insetos comestíveis", diz Auriol.

A linha de produtos da marca inclui ainda insetos servidos como aperitivo, chocolates e macarons (típico doce francês que lembra bolachas macias recheadas) com grilos e larvas de farinha e, em breve, barras energéticas com insetos.

Degustações

Outra grande rede de supermercados na França, a Auchan, a segunda maior do país, está testando o apetite dos consumidores com operações comerciais de degustação de insetos comestíveis.

"Vendemos mais de 250 embalagens em apenas um dia de degustação em uma loja", afirma Bastien Mengardon, co-fundador da Crickeat, que vende insetos para aperitivo, como grilos com gergelim, curry ou páprica, ou bichos da sede com creme e cebola.

A Crickeat deu início em novembro a uma série de degustações em um supermercado Auchan em Montpellier, no sul da França; a expectativa da empresa é de que o supermercado passe a vender seus produtos no início de 2014.

"Passamos a atuar de maneira mais intensa neste semestre. Nosso faturamento vem dobrando a cada mês. É uma evolução encorajadora", afirma Mengardon.

Proteínas

Em maio passado, as Nações Unidas divulgaram um relatório dizendo que 2 bilhões de pessoas no planeta já complementam suas dietas com insetos como besouros, gafanhotos e formigas, e que a criação destes animais em escala industrial poderia contribuir para a segurança alimentar mundial.

Especialistas também apontam para as qualidades nutricionais dos insetos, que podem representar uma alternativa para quem deseja reduzir seu consumo de carnes vermelhas ou ter uma alimentação eco-responsável.

Segundo as empresas ouvidas pela BBC Brasil, a criação de insetos utiliza pouca água e é bem mais ecológica do que a criação de gado.

Leia tudo sobre: mundo insólitomundogastronomiainsetosgrilolarva de farinha

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas