Turquia inaugura o primeiro túnel ligando dois continentes

Por BBC Brasil |

compartilhe

Tamanho do texto

Autoridades afirmam que obra de US$ 4 bilhões vai melhorar o trânsito na cidade e diminuir poluição

BBC

O primeiro túnel submarino ligando dois continentes foi inaugurado nesta terça-feira (29) na Turquia. O túnel ferroviário, de 13,6 km de extensão – dos quais 1,4 km são por baixo do mar – passa sob o Estreito de Bósforo e liga as partes europeia e asiática da cidade de Istambul, a maior do país.

Conheça a nova home do Último Segundo

As autoridades turcas afirmam que a obra de US$ 4 bilhões vai melhorar o trânsito na cidade e diminuir os índices de poluição. O serviço de trem pelo túnel terá a capacidade de transportar 75 mil pessoas por hora em cada direção.

Assista ao vídeo:

Segundo a agência de notícias AFP, cerca de dois milhões cruzam o estreito todos os dias.

Tesouros bizantinos

O trabalho para a construção do túnel, que atinge 60 metros de profundidade sob o leito do mar, começou em 2004. No entanto, a obra teve que ser interrompida algumas vezes, pois foram encontrados tesouros arqueológicos da época do Império Bizantino.

Os engenheiros responsáveis tiveram o desafio de projetar uma obra que pudesse resistir a terremotos, que são comuns na região. A inauguração foi programada para coincidir com o aniversário de 90 anos da República da Turquia.

O túnel é um sonho cogitado pela primeira vez por um sultão otomano em 1860, décadas antes que a houvesse a tecnologia necessária para torná-lo realidade.

Até antes da obra, a travessia de um lado a outro de Istambul era feita por duas pontes ou a bordo de embarcações. O governo da Turquia espera que o novo túnel ajude a aumentar o comércio entre os dois continentes.

Leia tudo sobre: turquiapoluição do arpoluiçãoásiaeuropa

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas