Impasse põe 800 mil de licença sem remuneração nos EUA; saiba setores afetados

Por BBC Brasil |

compartilhe

Tamanho do texto

Falta de acordo entre republicanos e democratas sobre orçamento temporário causa paralisação de serviços

BBC

O impasse entre congressistas democratas e republicanos em torno da aprovação de um orçamento temporário resultou na paralisação parcial do governo americano a partir desta terça-feira (1º).

Diante de impasse: Governo dos EUA entra em paralisação parcial

EUA: Senado rejeita Orçamento da Câmara horas antes do prazo para paralisação

Reuters
Vista do Capitólio em Washington, EUA

Entenda: Rixa sobre reforma de saúde de Obama agita votação no Congresso

Mais de 800 mil funcionários públicos federais que atuam em setores considerados não essenciais serão orientados a ficar em casa por tempo indeterminado, sem receber salários.

Saiba quais os setores do funcionalismo público americano que serão afetados:

Departamento de Defesa

Os 1,4 milhão de militares uniformizados em serviço não vão parar de trabalhar, mas poderão ter seus salários afetados.

Cerca de metade dos 800 mil funcionários civis que atuam no departamento vão ficar em casa. Os demais, que atuam em atividades consideradas importantes para a segurança nacional, deverão ir ao trabalho.

"Militares e outros civis que continuarão atuantes serão pagos retroativamente assim que o impasse for resolvido", afirmou Robert Hale, autoridade do Departamento de Defesa.

Departamento de Energia

A maior parte das instalações do Departamento de Energia fechará as portas. Apenas 1.113 de um total de 13.814 são consideradas essenciais.

Os 343 funcionários públicos que supervisionam instalações do arsenal nuclear americano e os 400 que operam hidrelétricas e linhas de transmissão elétrica em todo o país continuarão trabalhando.

Departamento de Transporte

Servidores com cargos de controladores de tráfego aéreo e inspetores de materiais suspeitos continuarão atuando.

Também serão mantidos setores que supervisionam lançamentos espaciais. Ao menos um lançamento deve ocorrer esta semana levando material de apoio à Estação Espacial Internacional, afirma o departamento.

Entre as atividades suspensas, estão inspeções de segurança em instalações, checagens de rotina de pessoal e o programa de que testa uso de drogas entre funcionários.

Departamento de Segurança Nacional

Cerca de 86% dos 240 mil funcionários do Departamento de Segurança Nacional deverão continuar na ativa, incluindo agentes não uniformizados e oficiais que atuam nas fronteiras e portos do país.

Guardas costeiros, membros da Administração da Segurança de Transportes, serviços secretos e outras agências de implementação de leis também não terão suas rotinas de trabalho afetadas.

Serviços de imigração responsáveis pela concessão da cidadania americana e do green card não serão atingidos. Processamento de vistos para estrangeiros que desejam ir aos EUA também não deverão ser afetados, segundo a agência Reuters.

Departamento de Justiça

Entre os 114.486 funcionários do Departamento de Justiça, cerca de 96.744 ficarão isentos da paralisação.

Todos os agentes do FBI e pessoal de apoio também trabalharão normalmente, já que suas operações são focadas em segurança nacional e investigações envolvendo a "proteção da vida e da propriedade".

Agentes atuantes na Drug Enforcement Administration, a agência americana de combate às drogas, na agência de tabaco, álcool, explosivos e armas de foto, além de procuradores público, também continuarão trabalhando. Agentes carcerários também continuarão na ativa.

Institute Smithsonian

O Smithsonian Institute, órgão educacional e de pesquisa ligado à administração do zoológico nacional e de 19 museus e galerias, incluindo o Museu de História Nacional, a Portrait Gallery e o Air and Space Museum, fechará as portas.

Dos 4.202 empregados, 688 serão mantidos na ativa para "proteger a vida e a propriedade ", como seguranças, funcionários que fazem manutenção e os que cuidam e alimentam os animais no Zoológico Nacional.

Parques nacionais

Os parques nacionais – de Yosemite à Alcatraz e a estátua da Liberdade – ficarão fechados, mas 3.266 funcionários considerados essenciais do total de 24.645 continuarão na ativa, incluindo bombeiros, seguranças e equipes de emergência.

Leia tudo sobre: euaimpasseobamacareobamacongressorepublicanosdemocratasorçamentoparalisação

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas