Sem-teto recebe doações de R$ 263 mil após devolver bolsa com R$ 92 mil nos EUA

Por BBC Brasil | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Homem abriu fundo de coleta em um site após ler nos jornais notícias do gesto de honestidade de Glenn James

BBC

Um homem sem-teto americano recebeu doações de mais de US$ 120 mil (equivalente a R$ 263 mil) após devolver ao dono uma bolsa que encontrou com US$ 42 mil (R$ 92 mil).

TV iG: Veja a história do sem-teto americano que devolveu R$ 92 mil

Ex-morador de rua em SP: ‘Troquei R$ 20 mil por uma família’ 

Relembre: Moradores de rua encontram R$ 20 mil e ligam para a PM

Glenn James, que vive nas ruas de Boston, alertou a polícia após encontrar a bolsa com dinheiro em espécie e cheques de viagem no último fim de semana, e o dono foi localizado.

Um homem completamente desconhecido de James abriu então um fundo de coleta em um site após ler nos jornais as notícias sobre seu gesto de honestidade.

O homem, Ethan Whittington, de 27 anos, quer agora encontrar James para entregar o dinheiro, doado por pessoas de todo o país.

Nos EUA: Morador de rua pode ganhar US$ 150 mil por devolver anel

Leia também: Sem-teto recebe herança de irmão nos EUA

Whittington, que vive em Midlothian, no Estado da Virginia, se disse "estupefato" com o gesto de James, "considerando a situação em que ele se encontra".

"É uma loucura ver o que as pessoas podem fazer quando se unem para atingir um objetivo comum. Imagine as possibilidades! Vamos espalhar a bondade que Glenn despertou em todos nós e mudar o mundo juntos", comentou Whittington na página de coleta.

Perfil: Sem-teto holandês muda vida após saber que é filho de milionário

O esforço de Whittington também gerou ofertas de moradia para James. Uma mulher disse que ele poderia se hospedar em seu apartamento de um quarto na cidade de Greene, no Estado de Nova York, até que ele conseguisse se reerguer.

Recomeço

James, de 54 anos, é um ex-funcionário de um tribunal de Boston, mas estava sem-teto desde 2005. Em uma conversa telefônica com Whittington, ele agradeceu a bondade do desconhecido.

"Essas doações vão me ajudar a recomeçar minha vida", disse. Em resposta, Whittington afirmou que James é que merecia agradecimentos. "Você reacendeu minha fé na humanidade e nos EUA, cara", disse.

James afirmou que nunca teria ficado com "nem um centavo" do dinheiro que estava na bolsa que encontrou, mesmo que estivesse numa situação desesperadora.

Leia tudo sobre: euasem tetomorador de ruadinheiro

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas