Após tempestades, mais de 50 turistas brasileiros ficam presos em Acapulco

Por BBC |

compartilhe

Tamanho do texto

Passagem do furacão Ingrid e da tempestade tropical Manuel deixou pelos menos 80 mortos no México

BBC

AP Photo/Eduardo Verdugo
Maioria dos resgates são feitos por meio de aviões militares, despressurizados e sem assentos, o que não seria adequado nesse caso

O resgate de uma excursão com 39 turistas brasileiros em Acapulco é a prioridade do serviço consular no México. Segundo o consul-adjunto do Brasil, além do grupo de idosos, outros seis grupos com 16 pessoas entraram em contato para pedir ajuda ou para notificar as autoridades consulares de que estão na área atingida pelas tempestades Ingrid e Manuel.

Após tempestades: Milhares de turistas enfrentam caos para deixar Acapulco

O consul-adjunto, Luis Guilherme Nascentes, disse que a expectativa é que o resgate do grupo de idosos ocorra até amanhã. Os turistas aguardam em um hotel. O diplomata disse estar em contato com as autoridades mexicanas e o translado do grupo só não ocorreu porque a maioria dos resgates são feitos por meio de aviões militares, despressurizados e sem assentos, o que não seria adequado nesse caso.

Outro caso prioritário é o de um turista que necessita de medicação especial. Ele também aguarda o embarque aereo. Segundo Nascentes, a maioria dos outros 16 brasileiros presos em Acapulco vive no México. Nenhum sofre qualquer risco, segundo o consul.

Alguns grupos esperam o translado aereo, enquanto outros estão na região com carro e aguardam a desobstrução das estradas. Segundo o consul, o Itamaraty está mantendo os familiares informados no Brasil.

Ingrid e Manuel

A passagem do furacão Ingrid e da tempestade tropical Manuel deixou pelos menos 80 mortos, segundo informações oficiais. Mais de 50 ainda estão desaparecidos.

Escolas e edifícios públicos estão fechados em várias localidades da costa mexicana, nos estados de Guerrero e Sinaloa. Em Acapulco, cerca de 40 mil turistas foram surpreendidos pelas tormentas. O aeroporto internacional da cidade foi inundado e e muitos pousos e decolagens foram suspensos.

Grande parte dos turistas estão sendo resgatados por aviões militares, que decolam de uma base na região. Pelo menos dez mil já foram evacuados. Dezenas de milhares de pessoas também tiveram de deixar suas casas e estão passando dos dias em abrigos improvisados.

Leia tudo sobre: MéxicoAcapulcoturistasbrasileirostempestadefuração

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas