Vídeo: 'Agora seu inferno vai começar', diz vítima a sequestrador de Ohio

Por BBC Brasil | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Castro foi sentenciado à prisão perpétua pelo estupro contínuo de 3 mulheres mantidas em cativeiro por 10 anos

BBC

AP
Ariel Castro coça o nariz em corte durante leitura de sentença em Cleveland, Ohio

O ex-motorista Ariel Castro foi condenado nesta quinta-feira à prisão perpétua e a mais 1 mil anos de prisão, sem possibilidade de condicional, por ter mantido em cativeiro e violentado três mulheres ao longo de mais de uma década em uma casa em Cleveland, no Estado americano de Ohio.

Leia: Saiba quem são as três mulheres resgatadas após dez anos nos EUA

Justiça: Raptor de três mulheres em Ohio é sentenciado à prisão perpétua

Uma das três vítimas, Michelle Knight, de 32 anos, falou a Castro perante a Corte. "Eu passei 11 anos no inferno. Agora, o seu inferno vai começar. Você passará sua eternidade no inferno. A partir deste momento, não deixarei que você defina a minha existência. Eu viverei, e você morrerá um pouco por dia."

Ela e as duas outras mulheres, Amanda Berry, 27, e Gina DeJesus, 23, conseguiram escapar em maio, em um caso que chocou a opinião pública no mundo inteiro. Castro admitiu culpa e, ao ser sentenciado, disse seus atos eram culpa de seu "vício em pornografia e sexo".

Charles Ramsey: Vizinho que libertou mulheres em Ohio rejeita rótulo de herói

Ele afirmou que o vício o impediu de saber que cometia um crime e disse que é uma pessoa doente, e não um monstro.

Assista ao vídeo:


Leia tudo sobre: ariel castroamanda berrymichelle knightgina dejesusclevelandohio

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas