Britânico quer dar a mais rápida volta ao mundo correndo

Por BBC Brasil |

compartilhe

Tamanho do texto

Kevin Carr, 32, pretende percorrer 51 km por dia cruzando países da Europa e Ásia na primeira etapa da viagem

BBC

BBC
Kevin Carr pretende percorrer 51 km por dia

Um britânico pretende entrar para os livros dos recordes por dar a mais rápida volta ao mundo correndo. Kevin Carr, de Devon, no sul da Inglaterra, partiu para a missão na tarde de domingo, em Haytor.

Fevereiro: Casal que dava volta ao mundo de bicicleta morre na Tailândia

Em caminhada de 7 anos: Repórter dos EUA refará jornada da evolução humana

O personal trainer, de 32 anos, pretende percorrer cerca de 51 quilômetros por dia durante um ano meio, cruzando países da Europa e da Ásia na primeira etapa da viagem.

Em seguida, ele passará pela Austrália, Américas do Norte e do Sul, alguns locais da África e do Ártico. Ele acredita que, ao todo, dará 36.480.000 passos.

Com isso, ele pretende superar Tom Denniss, que há um ano e meio partiu para o mesmo desafio mas ainda não completou a volta ao mundo. Denniss está atualmente na Austrália.

Resistência

"Espero quebrar o recorde mundial começando e terminando no mesmo lugar", disse Carr. "Será o meu maior teste de resistência. Terei de correr o mais rápido que conseguir sem ter ajuda de uma equipe ao meu lado."

Durante a corrida, Carr receberá novos pares de tênis que serão enviados pelo correio por um patrocinador. O britânico leva consigo um pequeno trailer onde carregará uma barraca, um fogareiro, comida, água e um carregador para um GPS via satélite abastecido a energia solar.

Após dois anos de treinamento, ele diz estar pronto para o desafio e espera estar de volta a Haytor em fevereiro de 2015.

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas