Vídeo mostra cenário de destruição após acidente de trem na Espanha

Por BBC Brasil |

compartilhe

Tamanho do texto

Pior acidente de trem em 40 anos no país acontece em linha de alta velocidade entre Madri e cidade costeira

BBC

Um acidente de trem deixou dezenas de mortos nesta quarta-feira no noroeste da Espanha, na região da Galícia. O trem, que viaja da capital espanhola Madri para a cidade costeira de Ferrol, descarrilou perto da cidade de Santiago de Compostela.

Tragédia: Trem descarrila e mata dezenas em Santiago de Compostela

Assista ao vídeo:

Mais de 200 passageiros estavam a bordo, de acordo com a operadora de trens do país, Renfe. Muitas vítimas ficaram presas nas ferragens. Todos os 13 vagões teriam saído dos trilhos e quatro deles teriam tombado.

O acidente aconteceu na véspera de um feriado, quando mais pessoas estão viajando. Imagens mostram equipes de resgate trabalhando no local do acidente, tratando feridos ao lado dos trilhos. Diversos corpos cobertos também foram vistos ao lado dos destroços.

Testemunho: Sobreviventes relatam ter ficado 'rodeados de mortos'

O premiê espanhol, Mariano Rajoy, deve viajar para a região nesta quinta. Autoridades da Galícia fizeram um apelo à população para que sigam até hospitais locais para doar sangue.

De acordo com o jornal espanhol El País, o antepenúltimo vagão do trem foi totalmente destruído. Passageiros que sobreviveram ao acidente relataram ao jornal que sentiram o trem tombar na curva e, em seguida, se viram "rodeados de mortos". Esse seria o pior acidente de trem na Espanha em 40 anos.

Policiais fazem guarda enquanto condutor Francisco José Garzón Amo deixa o tribunal após sua libertação em Santiago de Compostela (28/7). Foto: APParte externa do trem é vista no local do acidente em Santiago de Compostela, noroeste da Espanha (26/7). Foto: ReutersParentes de vítimas de acidente de trem em Santiago de Compostela, na Espanha, reagem ao receber notícias (25/7). Foto: APBombeiros e equipes de resgate inspecionam vagão no local de acidente de trem em Santiago de Compostela, Espanha. Foto: APVagões descarrilados são removidos com guindastes dos trilhos em Santiago de Compostela, Espanha (25/7). Foto: APMulher reage em posto de informações para familiares montado após acidente de trem em Santiago de Compostela, Espanha. Foto: APPrimeiro-ministro espanhol, Mariano Rajoy, visita local de acidente de trem em Santiago de Compostela, Espanha (25/7). Foto: APCondutor do trem Francisco José Garzón Amo recebe ajuda de dois homens ao ser retirado do local do acidente de trem em Santiago de Compostela, Espanha (24/7). Foto: APEquipes respondem à situação de emergência após descarrilamento de trem em Santiago de Compostela, Espanha (24/7). Foto: APFerida é retira de vagão após acidente de trem em Santiago de Compostela, Espanha (24/7). Foto: APEquipes de emergência atendem vítimas de descarrilamento de trem em Santiago de Compostela, na Espanha (24/7). Foto: APDescarrilamento de trem em Santiago de Compostela é o pior acidente do tipo em 40 anos (24/7). Foto: APEquipes respondem à situação de emergência após descarrilamento de trem em Santiago de Compostela, Espanha (24/7). Foto: APEquipes de emergência comparecem a local onde trem descarrilou em Santiago de Compostela, Espanha (24/7). Foto: APEquipes de emergência atendem vítimas de descarrilamento de trem em Santiago de Compostela, na Espanha (24/7). Foto: APAcidente de trem em Santiago de Compostela, Espanha, deixou mortos e dezenas de feridos (24/7). Foto: Alén Pérez/ TwitterEquipes de resgate trabalham para retirar vítimas de um trem após descarrilamento em Santiago de Compostela, Espanha (24/7). Foto: ReutersTrem descarrila em Santiago de Compostela, na Espanha (24/7). Foto: Alén Pérez/ TwitterO trem, que levava ao menos 240 passageiros, descarrilou na curva mais fechada do trajeto (24/7). Foto: Alén Pérez/TwitterImagem reproduzida de vídeo mostra vagões destruídos após acidente de trem em Santiago de Compostela, Espanha (24/7). Foto: Reprodução


compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas