Protesto contra o governo termina em violência no Peru

Por BBC Brasil |

compartilhe

Tamanho do texto

Milhares foram às ruas contra uma lei que prevê introduzir avaliações de desempenho para funcionários públicos

BBC

Milhares de manifestantes foram às ruas no Peru protestar contra uma lei do governo que pode restringir a autonomia das universidades e introduzir avaliações de desempenho para funcionários do setor público.

Leia também: Presidente peruano nega indulto a Fujimori

A polícia respondeu com gás lacrimogêneo e canhões de água, enquanto estudantes e servidores públicos tentavam se aproximar do palácio presidencial em Lima.

O presidente Ollanta Humala afirma que a nova lei vai melhorar a qualidade dos serviços do governo. Para críticos, vai provocar desemprego.

O líder peruano, um ex-militar que foi eleito em 2011 com uma agenda de esquerda, tem sido criticado por adotar políticas liberais, como privatizações. Os protestos já se espalham para outras cidades do país e podem sacudir a relativa estabilidade da qual o governo vinha desfrutando até pouco tempo.

Assista ao vídeo:


Leia tudo sobre: peruhumalalimaprotestogás lacrimogêneo

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas