Piscinão azul tóxico é tingido de preto para afastar banhistas no Reino Unido

Por BBC Brasil |

compartilhe

Tamanho do texto

Apelidado de Lagoa Azul, piscinão localizado aos pés de pedreira desativada tem pH pouco inferior à da água sanitária e pode causar irritações na pele e no estômago

BBC

BBC
Piscina atraía residentes e turistas do exterior

Um piscinão localizado aos pés de uma pedreira desativada no Reino Unido, apelidado de Lagoa Azul, foi tingido de preto para evitar que pessoas nadem no local.

Apesar de exibir um azul cristalino similar ao de uma praia caribenha, a água da piscina, localizada no condado de Derbyshire, tem pH de 11.3, um pouco abaixo dos 12.3 encontrados na água sanitária.

A falsa aparência de água límpida se deve aos componentes químicos encontrados no mármore que era extraído no local.

BBC
Autoridades tingiram piscina de preto para afastar banhistas

A água, porém, pode causar irritações na pele e no estômago. Placas instaladas por autoridades locais alertam para os perigos do piscinão, que ainda contém lixo, restos de animais e uma água "extremamente fria".

Durante anos, a piscina foi ponto turístico que atraía não apenas residentes da região, mas também turistas de outras partes do país e do exterior. Após ser tingida de preta, a piscina perdeu seu principal atrativo e afastou os banhistas.

"A água não é mais bonita", disse Rachel Thomas. "Os banhistas não acham mais que estão em Bahamas, agora sabem que estão em Harpur Hill." "Era lindo de ver, mas extremamente perigoso", acrescentou.

Leia tudo sobre: reino unidopiscinão

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas