Cuba promete extraditar aos EUA casal acusado de sequestrar crianças

Por BBC Brasil |

compartilhe

Tamanho do texto

Joshua Michael Hakken e Sharyn haviam sequestrado os filhos da casa dos avós, que tinham a guarda das crianças, e partido para Havana de barco

BBC

O governo de Cuba afirmou nesta terça-feira (9) que entregará à Justiça dos EUA um casal americano que fugiu à ilha após supostamente sequestrar seus próprios filhos.

Joshua Michael Hakken, sua mulher Sharyn e seus dois filhos partiram da Flórida a Havana em um barco no sábado. Autoridades americanas dizem que o casal sequestrou os garotos - de 2 e 4 anos - da casa de seus avós maternos, que haviam ganhado a guarda das crianças na semana passada. A polícia diz que Hakken amarrou sua sogra para poder escapar com as crianças.

Veja o especial do iG sobre Cuba

Leia mais: Embargo dos EUA a Cuba completa 50 anos como política obsoleta

Acusações

Hakken teria perdido o direito de cuidar dos filhos ao ser acusado de posse de maconha. Ele também é acusado de sequestro, interferência em custódia de crianças e negligência infantil.

Em Cuba, a família atracou seu barco na Marina Hemingway, perto de Havana. EUA e Cuba não têm acordo de extradição, mas Havana já havia retornado outros fugitivos aos EUA no passado.

Até o momento, porém, representantes da Chancelaria cubana disseram que não sabem quando a extradição da família Hakken vai ocorrer.

Leia tudo sobre: cubaextradiçãoeuahavanaflóridasequestro

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas