Canadense só nota faca nas costas três anos após ser esfaqueado

Por BBC Brasil |

compartilhe

Tamanho do texto

Em abril de 2010, Billy McNeely se envolveu em uma briga e foi esfaqueado cinco vezes; ele percebeu ponta da lâmina de 7,5 centímetros ao coçar costas no início desta semana

BBC

AP
Lâmina de faca que estava nas costas de canadense há três anos é vista em foto tirada em Yellowknife, Territórios do Noroeste (20/03)

Médicos no Canadá retiraram uma lâmina de faca das costas de um homem três anos após ele ter sido esfaqueado durante uma briga. Billy McNeely, dos Territórios do Noroeste canadense, disse à mídia local que sofria coceiras e ligeiras dores nas costas, mas não tinha ideia de que a lâmina continuava alojada ali.

No início desta semana, no entanto, ao coçar as costas, ele percebeu a ponta da lâmina de 7,5 centímetros. ''Já passei um tempo na cadeia no passado'', afirma. ''Os guardas costumam passar um detector de metal por você, e toda vez que passavam pelas minhas costas, ele disparava'', conta.

Em abril de 2010, McNeely se envolveu em uma briga e foi esfaqueado cinco vezes, disse ele em entrevista à agência de notícias Canadian Press.

'Problemas nervosos'

Médicos do setor de emergência de um hospital local fizeram pontos em seus ferimentos, mas nunca se deram ao trabalho de realizar um exame de raio X. Após ter procurado tratamento para aplacar as dores constantes que sentia, médicos lhe disseram que ele sofria de problemas nervosos.

Mas, ao coçar as costas, McNeely, de 32 anos, sentiu que sua unha havia batido em alguma coisa que ele não sabia o que era. Ele pediu que sua namorada desse uma olhada. ''Eu disse a Billy: 'Tem uma faca nas suas costas''', relatou a namorada, Stephanie Sayine. Agora, McNeely está pensando em processar o Departamento de Saúde local.

Leia tudo sobre: canadáfaca

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas