Avó britânica é condenada a fuzilamento por tráfico na Indonésia

Por BBC Brasil |

compartilhe

Tamanho do texto

Lindsay Sandiford, 56, foi presa em maio de 2012 pela polícia da Ilha de Bali com 4,8 kg de cocaína na bagagem após passar por uma inspeção no aeroporto

BBC

BBC

Uma britânica de 56 anos foi condenada à morte por pelotão de fuzilamento na Indonésia por tráfico de drogas. Lindsay Sandiford, que já é avó, foi presa em maio de 2012 pela polícia da Ilha de Bali com 4,8 kg de cocaína na bagagem, após passar por uma inspeção no aeroporto.

São Paulo: Idosa é presa após cultivo de 43 pés de maconha na laje de casa

Reuters
Britânica Lindsay Sandiford ouve tradutor durante julgamento por tráfico de drogas em Bali, Indonésia


Marco Archer Cardoso Moreira: Indonésia não confirma execução de brasileiro

Lindsay vinha de Bangcoc, na Tailândia, quando foi presa. Ela alega que foi obrigada a levar as drogas para Bali. A condenação da britânica causou surpresa, já que os promotores tinham recomendado uma sentença de 15 anos.

Os juízes do caso afirmaram que não havia circunstâncias atenuantes do caso de Sandiford e ela parecia não se importar com as consequências de seus atos. De acordo com os magistrados, a britânica causou sérios danos à imagem de Bali como um destino turístico e ao programa antidrogas do governo.

Segundo a correspondente da BBC em Jacarta Karishma Vaswani, Sandiford parecia chocada depois da leitura do veredicto e cobriu a cabeça com uma echarpe para esconder o rosto das câmeras.

1,4 kg: Mulher esconde cocaína em implantes falsos de seio e é presa na Espanha

Os advogados da britânica disseram que é muito raro os juízes determinarem um veredicto mais severo do que o pedido pela promotoria e acrescentaram que entrarão com recurso contra a decisão.

Tráfico

Lindsay foi presa com os também britânicos Paul Beales, Rachel Dougall e Julian Ponder. Ainda em 2012, Beales foi sentenciado a quatro anos por posse de drogas. Já Rachel foi condenada a um ano de prisão por ocultação de ato criminoso. O julgamento de Ponder, acusado de posse de drogas, ainda está em andamento.

A ONG de defesa dos direitos humanos britânica Reprieve, que acompanha o caso de Lindsay, disse que ela foi "alvo de traficantes de drogas que exploraram sua vulnerabilidade e ameaçaram os seus filhos".

Novembro: Brasileiro preso na Bélgica por tráfico é liberado por falta de tradutor

A Indonésia possui uma das legislações antidrogas mais duras do mundo. Mais de 140 pessoas foram condenadas à morte por esse crime no país, sendo um terço desse grupo formado por estrangeiros.

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas