Argentina ganha praia 'livre de cigarro'

Por BBC Brasil |

compartilhe

Tamanho do texto

Prefeitura de reduto da classe média aposta na conscientização da população por meio de uma campanha intitulada 'A Costa Respira'

BBC

BBC

Um município argentino inaugurou dois trechos de 200 metros de suas praias como áreas livre de fumo. A medida veio após o sucesso do projeto piloto iniciado em uma dessas praias no ano passado, em Partido de la Costa, um conhecido reduto de turistas da classe média argentina. As praias, Santa Teresita e San Bernardo, ficam a 300 quilômetros de Buenos Aires.

2011: Cidade de Nova York proíbe fumo em espaços ao ar livre

Medida: Modelo mundial, advertência em maços de cigarro completa 10 anos no Brasil

Em entrevista à BBC Brasil, o prefeito Juan Pablo de Jesús conta que houve resistência inicial ao projeto. A prefeitura, no entanto, aposta na conscientização da população por meio de uma campanha, intitulada "A Costa Respira".

"Fizemos uma experiência piloto e ela deu certo e por isso decidimos manter a medida em Santa Teresita e aplicá-la agora em San Bernardo. No início, houve alguma resistência à medida, mas agora não", disse. A medida não prevê multas.

A campanha contou com a distribuição, nas praias, de folhetos que abordavam os males do fumo e a importância de evitar o cigarro na frente de crianças, "para que elas não repitam os hábitos dos pais". "O que queremos é que o verão seja um o início de um processo para que a pessoa deixe o hábito do cigarro", disse o prefeito.

Iraque: Em um país envolto em problemas, fumantes são novo alvo

Crise: Proibição ao fumo na Espanha causa polêmica

Partido de la Costa é o segundo destino turístico argentino no verão e recebe cerca de 2,5 milhões de turistas do país nessa época do ano, segundo informações oficiais. San Bernardo e Santa Teresita são as principais praias do município, banhado pelas águas mais frias do Atlântico Sul.

Segundo o prefeito, o objetivo é ampliar a cada verão as áreas isentas de fumo. O município Partido possui 14 praias distribuídas em cem quilômetros de orla. "Não sou médico, mas nosso objetivo é que o turista saia daqui mais preocupado em cuidar da sua saúde. Por isso, já iniciamos projeto para que as praças da cidade também sejam livres da fumaça do cigarro", afirmou.

Leia tudo sobre: argentinapraiacigarrofumotabagismo

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas