Falha em GPS faz idosa a caminho de Bruxelas parar na Croácia

Por BBC Brasil | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Em vez de percorrer os 61 km de sua cidade até a capital da Bélgica, sexagenária acabou percorrendo 1.450 km em dois dias; ela diz que só percebeu o erro ao chegar a Zagreb

BBC

BBC

REUTERS/Nikola Solic
Bando de pombos são vistos na praça central de Zagreb, na Croácia (28/05/2010)

Uma sexagenária belga que confiou em seu GPS para conduzi-la de sua cidade até Bruxelas, em uma jornada de 61 quilômetros, acabou indo parar dois dias depois em Zagreb, capital da Croácia, a 1.450 km de sua casa.

Reino Unido: Idosa tem dinheiro de apostas e economias roubado após sair de cassino

Sabine Moreau, de 67 anos, saiu no sábado de 5 de janeiro do vilarejo de Solre-sur-Sambre para encontrar uma amiga na capital da Bélgica e colocou o endereço no aparelho de navegação por satélite.

Distraída, ela percebeu que o GPS a mandava seguir um caminho estranho, atravessando a Alemanha e outros países, mas, distraída, não ligou. "Eu vi todo tipo de tráfego passar. Primeiro em francês, depois em alemão. Colônia, Aachen, Frankfurt... mas eu não fazia nenhuma perguntas, apenas acelerava", disse de acordo com o jornal belga Het Niewsblad.

Na longa viagem, Sabine Moreau reabasteceu o carro duas vezes, envolveu-se em um pequeno acidente e chegou a dormir algumas horas no carro, parando ao lado da estrada. Mas ela garante que não percebeu o que acontecia até que chegou a Zagreb.

A polícia chegou a vasculhar a casa da sexagenária atrás de pistas sobre seu desaparecimento e estavam prestes a ampliar a investigação quando ela ligou e disse onde estava. "Estranho? Talvez, mas eu só estava distraída e preocupada", disse Sabine. Em seguida, segundo o jornal belga La Nouvelle Gazette, ela dirigiu de volta à Bélgica ainda usando o GPS para se orientar.

Leia tudo sobre: gpscroáciabélgica

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas