Gravata torta de Hollande vira piada na França

Para críticos de socialista, posição da peça (às vezes para esquerda, outras para direita) evidencia a 'flexibilidade política de Hollande'

BBC Brasil |

BBC

AP
Presidente francês, François Hollande, chega para coletiva no Palácio do Eliseu, em Paris (13/11)

O presidente da França, François Hollande, deu nesta semana sua primeira grande coletiva desde que foi eleito , em maio deste ano. Mas depois de ouvi-lo por duas horas, os principais meios de comunicação do país não pararam de falar de outra coisa: a gravata torta do líder francês. O evento foi importante.

Leia também: Governo francês anuncia projeto de lei para permitir casamento gay

Seis meses depois de entrar no Palácio do Eliseu, o presidente francês falou a 400 jornalistas da França e do mundo sobre as diretrizes de seu mandato para o país. Ainda que tenham sido debatidos assuntos ligados à política e à economia da França, a posição da gravata do líder francês foi o assunto que ganhou maior destaque do noticiário local.

"A gravata rebelde do presidente" foi o título de um artigo publicado no semanário Le Point em seu site. Já o jornal Le Parisien disse: "O laço que dá o que falar."

Há vários meses, o site Rue89, criado por ex-jornalistas do Libération, publicou uma reportagem cujo título era "Hollande e a maldição da gravata torta". Até o jornal italiano Il Corriere della Sera dedicou uma galeria de fotos para a posição das gravatas de Hollande.

Posição

Em vários eventos públicos, a gravata do presidente francês ora aparece pendendo para a esquerda, ora para direita, mas nunca reta. Para os críticos do socialista, a posição da peça evidencia a "flexibilidade política de Hollande", cujas posições variam de acordo com seus interesses.

A piada caiu na rede. Um estudante francês decidiu criar um site para explicar tal "fenômeno" e lançou uma página intitulada "François, sua gravata!", segundo ele, para "divertir os leitores de esquerda e direita". Na página, a peça ganha "vida própria".

"Sou a gravata de François Hollande torta 146 vezes em 251 eventos públicos", diz a página que apresenta fotos do presidente francês retiradas do Palácio do Eliseu. No "Top 10" dos laços, destaca-se o do dia da posse de Hollande. Em uma das fotos registradas naquela data, pode-se ver Hollande caminhando com a gravata torta para o lado direito.

Misoginia: Ministros franceses fazem 'aula contra machismo'

No Twitter, internautas fazem comentários e dão conselhos para o político. Para alguns, ele teria de usar um alfinete de precaução, enquanto outros acreditam que o problema está no nó. Há até aqueles que defendem que a partir de agora Hollande passe a usar uma gravata-borboleta.

Outros desvios

A gravata do presidente não é o único erro de vestimenta que tem chamado a atenção dos entendidos no assunto. As mangas de suas camisas também têm dado o que falar. Alguns meses atrás, uma das mangas parecia ser maior do que a outra, e aparecia escondida pelo paletó do terno, um erro gravíssimo na opinião dos fashionistas.

O presidente, entretanto, ignorou os comentários e corrigiu o desvio. Até agora, o presidente nunca emitiu qualquer declaração sobre tais questões, e não se sabe se Hollande, cujo senso de humor é conhecido, aprova as piadas.

Fato é que a gravata foi tema de conversa durante um de seus encontros políticos. Em maio, quando o novo inquilino do Eliseu chegou à cúpula do G8, o grupo dos países mais ricos do mundo, era o único que usava a peça - torta, claro, o que foi motivo de uma brincadeira do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama.

    Leia tudo sobre: hollandefrançagravata

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG