Para Javier Manzano, que começou a documentar os protestos e a repressão no país em agosto, o conflito já se transformou "em um massacre, uma carnificina"

BBC

Muitas das fotos foram tiradas em incursões do fotógrafo Javier Manzano com os integrantes do grupo rebelde Exército Livre da Síria em Aleppo, a segunda principal cidade do país, transformada em um campo de batalha crucial no conflito entre os rebeldes e o governo do presidente Bashar al-Assad.

Um combatente do Exército Livre da Síria reage à morte de um de seus companheiros, morto ao tentar deter um tanque no distrito de Aleppo (foto Javier Manzano)
BBC
Um combatente do Exército Livre da Síria reage à morte de um de seus companheiros, morto ao tentar deter um tanque no distrito de Aleppo (foto Javier Manzano)

São imagens de combatentes, da destruição em geral provocada pelos confrontos e dos civis que, segundo Manzano, sofrem com o fardo da guerra, não importa de que lado estejam.

Veja a galeria:


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.