Fotógrafo chinês capta famílias e seus pertences no interior do país

Huang Qingjin passou uma década realizando os retratos nas regiões mais remotas da China

BBC Brasil |

BBC

O fotógrafo chinês Huang Qingjin passou quase uma década viajando às partes mais remotas da China para convencer pessoas que, muitas vezes, nunca tinham sido fotografadas antes a colocar todos os seus pertences do lado de fora de casa e posar para ele.

BBC
Uma das várias famílias retratadas por Huang Qingjun; fotógrafo capturou intimidade dos chineses

Uma das várias famílias retratadas por Huang Qingjun; fotógrafo capturou intimidade dos chineses

Os resultados oferecem um raro olhar intimista de como as famílias chinesas vivem. Muitas estão no interior do país, em áreas rurais, e mantêm hábitos simples, sem muitas das facilidades modernas encontradas nas grandes cidades chinesas.

Vistas mais de perto, no entanto, elas também revelam a enorme mudança econômica e social que atingiu o país na última geração. Uma das fotos que atestam estas mudanças mostra um casal idoso de agricultores com sua antena de TV por satélite, aparelho de DVD e telefone.

"As vidas das pessoas mudaram enormemente. Talvez seus salários não tenham sido afetados tanto quanto nas cidades, mas sua mentalidade foi", diz Huang, de 42 anos, que nasceu no vilarejo de Daqing e vive em Pequim.

Veja a galeria:



    Leia tudo sobre: fotografiachina

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG