Cidade no Zimbábue cria 'programa da descarga simultânea'

Governo de Bulawayo cria sistema para manter canos úmidos e evitar entupimento do sistema de esgoto

BBC Brasil |

BBC

BBC
Moradores de cidade do Zimbábue devem dar descarga ao mesmo tempo

Moradores de Bulawayo, a segunda cidade mais populosa do Zimbábue, no sul da África, foram obrigados nesta segunda-feira a dar descarga nos vasos sanitários ao mesmo tempo, como parte de um programa do governo para evitar o entupimento do sistema de esgoto.

Leia também:  Perucas e apliques viram assunto de Estado no Zimbábue

A primeira descarga "simultânea" ocorreu às 19h30 hora local (12h30 de Brasília). Segundo o prefeito de Bulawayo, Thaba Moyo, a empreitada foi criada para manter os canos úmidos e assim evitar o acúmulo de sujeira dentro das estruturas, o que poderia inutilizar as tubulações e provocar a falta d'água.

Moradores da cidade convivem com falta de água até três vezes por dia, devido às fortes secas e a anos de manutenção precária dos encanamentos.

Multa

Funcionários da cidade fizeram visitas a vilarejos locais para alertar os moradores sobre o risco de receberem um multa caso não cooperassem com a estranha proposta. Para Moyo, no entanto, a escassez de água encanada motivou milhões de moradores a colaborar com a iniciativa.

"Posso assegurar que minha mulher e meus filhos deram descarga às 19h30 para evitar o entupimento do nosso banheiro. Até agora, a empreitada foi considerada um "sucesso" no bairro de Cowdray Park, descreveu o morador e ativista de direitos humanos Dumisani Mpofu.

Segundo a agência de notícias AP, a descarga simultânea devera ocorrer a partir de agora duas vezes por semana - às segundas e quintas-feiras -, embora os moradores estejam "livres" para dar descarga quando "quiserem", afirmou Moyo.

O correspondente da BBC em Bulawayo, Thabo Kunene, afirmou que muitas casas da cidade, até em alguns distritos, possuem banheiro com descarga, ao contrário de muitos países africanos. Mas, segundo Kunene, devido à falta d'água, muitas pessoas acabam usando baldes para limpar os detritos dos vasos sanitários.

Nem todos os habitantes da cidade, porém, acharam graça na iniciativa. "Nossos líderes são uma piada", afirmou Petros Ncube. " O que eles deveriam fazer é colher dinheiro de doadores para comprar novos encanamentos", acrescentou.

    Leia tudo sobre: zimbábuedescarga

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG