Político britânico teria alterado biografia na Wikipedia de forma anônima

Grant Shapps, novo presidente do Partido Conservador, é acusado de mudar informações sobre histórico escolar, controvérsias políticas e doações recebidas

BBC Brasil |

BBC

Getty Images
Grant Shapps chega à residência do premiê britânico, David Cameron, em Londres (04/09)

O membro do Parlamento britânico Grant Shapps foi acusado domingo de alterar sua biografia na Wikipedia de forma anônima. 

O novo presidente do Partido Conservador britânico teria editado dados na enciclopédia online sem revelar a sua identidade, violando o código de conduta da Wikipedia.

Leia também:  Equipe de Gingrich é alvo de críticas por mudar biografia na Wikipedia

Segundo investigação do jornal dominical The Observer, Shapps editou referências a seu desempenho na escola, suas controvérsias no mundo político e a identidade dos doadores seu escritório particular.

O jornal diz que Shapps excluiu um importante resultado em um exame de escola, conhecido no Reino Unido como O-Level. O ex-ministro de Habitação também teria removido os nomes dos doadores de seu escritório particular, tudo sem revelar a identidade.

Shapps justifica que a informação era "politicamente tendenciosa" e que o "conteúdo deve ser verificável".

Anteriormente, Shapps foi acusado de alterar o número de seguidores no Twitter e o Google colocou algumas das páginas do político em sua lista negra.

A Wikipedia é uma enciclopédia livre na qual os usuários geram o conteúdo, que é submetido a uma edição especialistas rigorosos.

    Leia tudo sobre: grant shappsreino unidowikipedia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG