Americano de 100 anos atropela 11 em saída de escola ao dar marcha-ré

Motorista diz que falha nos freios o fizeram atingir nove crianças e dois adultos com seu Cadillac na Califórnia

BBC Brasil |

BBC


Um homem de 100 anos de idade atropelou 11 pessoas ao subir em uma calçada quando dava marcha-ré com seu Cadillac na Califórnia.

Entre as vítimas do atropelamento, que ocorreu na quarta-feira, estão nove crianças de uma escola primária de Los Angeles. Algumas ficaram presas embaixo do veículo. Quatro pessoas estão em estado grave, mas, segundo os médicos, devem sobreviver.

Leia também:  Fazendeiro dos EUA esmaga carros de polícia com trator

AP
Cadillac é guinchado em Los Angeles após motorista de 100 anos atropelar 11 pessoas (29/08)

O acidente ocorreu quando pais e filhos compravam comida em uma barraca na calçada após a saída da escola. Segundo testemunhas, outros pedestres tentaram alertar o motorista em vão.

O motorista do Cadillac, Preston Carter, pediu desculpas às famílias. Em entrevista a uma TV local, ele disse que os freios do carro falharam.

Não há limite de idade para direção na Califórnia, mas, a partir de 70 anos, motoristas têm de fazer a renovação da carteira pessoalmente e não por email ou pelo correio, permitido apenas para pessoas mais jovens.

Exames adicionais podem ser requeridos caso o motorista não demonstre estar apto para dirigir. O idoso completará 101 anos em setembro.

    Leia tudo sobre: califórnialos angeleseuaatropelamento

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG