Criança adotiva é a primeira a ser reconhecida oficialmente no país como sendo filha de dois homens

BBC

O bebê Tobías, que nasceu há três semanas
BBC
O bebê Tobías, que nasceu há três semanas

Um casal gay de Buenos Aires se tornou o primeiro na Argentina a ter seu bebê adotivo reconhecido oficialmente como sendo o filho de dois homens.

Leia também: Lei sobre mudança de sexo beneficiará 'até 60 mil argentinos'

O bebê Tobías nasceu há três semanas e é filho de uma mãe de aluguel na Índia. Carlos Dermgerd e Alejandro Grinblat viajaram à Índia para o nascimento e contam estar dividindo as funções paternas há 21 dias.

''Um cuida da mamadeira às quatro da manhã e o outro trata dela às sete. Por sorte, nos dividimos e podemos compartilhar o dia com Tobías'', afirmou Alejandro Grinblat.

A despeito da origem da criança, o casal reiterou a nacionalidade argentina do filho. ''Tobías é filho de dois argentinos e não há qualquer razão para ele ter outro documento'', comentou Dermgerd.

Veja o vídeo:

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.