Mulheres de grupo punk que invadiu catedral vão a julgamento em Moscou

Integrantes do Pussy Riot invadiram igreja na capital da Rússia para protestar contra o presidente Vladimir Putin

BBC Brasil |

BBC

Começa nesta segunda-feira em Moscou o julgamento de três integrantes do grupo punk Pussy Riot. As roqueiras e ativistas políticas invadiram a catedral de São Nicolau, a mais importante da cidade, em fevereiro deste ano, e interpretaram uma canção de protesto recheada de palavrões e críticas ao presidente russo, Vladimir Putin.

Leia também: Putin sanciona lei que pune manifestantes

As militantes já estão presas há cinco meses e poderão ser condenadas a sete anos de prisão. Elas são acusadas de vandalismo e de haver profanado a catedral.

Veja o vídeo sobre a ação das integrantes do Pussy Riot:

    Leia tudo sobre: rússiaputinmoscoupussy riot

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG