Assassinatos parecem ser parte de série de mortes violentas que estariam relacionadas à disputa entre cartéis de drogas rivais

selo

Pelo menos 37 corpos mutilados foram encontrados neste domingo em sacos plásticos na cidade mexicana de Monterrey. Os corpos foram encontrados em uma estrada a 180 quilômetros da fronteira com os Estados Unidos.

Recuperação: Em meio à melancolia, Ciudad Juarez revela sinais de esperança

Polícia mexicana bloqueia estrada entre 
Monterrey e Reynosa, onde foram encontrados ao menos 37 corpos mutilados
AFP
Polícia mexicana bloqueia estrada entre Monterrey e Reynosa, onde foram encontrados ao menos 37 corpos mutilados
Reação: Mexicanos usam retratos para humanizar a fria guerra do tráfico

Disseminação: Guerra do narcotráfico chega a regiões antes seguras do México

Os assassinatos parecem ser parte de uma série de mortes violentas que estariam relacionadas a uma disputa entre cartéis de droga rivais.

Dezenas de milhares de pessoas morreram no México desde 2006, quando o presidente Felipe Calderón enviou um Exército para combater as gangues. "Ainda estamos no processo de contar os corpos, mas encontramos pelo menos 37 até agora", disse um porta-voz do governo do Estado de Nuevo Leon, onde os corpos foram encontrados.

A descoberta levou as autoridades a fechar uma estrada de Monterrey até a cidade de Reynosa, provocando congestionamentos na região. Há poucos dias, a polícia havia achado 18 corpos decapitados em dois veículos abandonados no oeste do México.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.