Missa marca 5 anos de caso Madeleine, em meio a pressões para reabri-lo

Pais de menina britânica desaparecida em Portugal dizem 'não ter dúvidas' de que investigações serão retomadas

BBC Brasil |

selo

Uma missa em uma igreja de Liverpool marcará nesta quinta-feira os cinco anos do desaparecimento da menina britânica Madeleine McCann, em meio a pressões para que as investigações sobre o caso sejam reabertas .

Maddie, na época com três anos, desapareceu em 3 de maio de 2007 da casa onde sua família passava as férias, na costa de Portugal. A missa de memória será celebrada na igreja de Nossa Senhora da Anunciação, onde frequentadores já vinham fazendo vigílias semanais desde a época do desaparecimento.

Leia também: Pais de Madeleine McCann pedem que Portugal reabra investigação

AP
Em Londres, Kate e Gerry McCann, pais de Madeleine, posam com imagem feita por computador que mostra com a menina estaria hoje (02/05)

A polícia britânica afirma ter 195 potenciais novas pistas sobre o caso, após analisar cerca de 40 mil informações. Mas a decisão sobre reabri-lo recai sobre as autoridades portuguesas. Segundo a Promotoria portuguesa, a reabertura só é justificada se houver a confirmação de novos fatos.

Em entrevista à BBC na última quarta-feira, os pais de Maddie, Kate e Gerry McCann, disseram "não ter dúvidas" de que as investigações serão retomadas.

"Acho que o caso tem que ser reaberto para que (as oportunidades de investigação) sejam seguidas adequadamente", declarou Gerry McCann. "Não esperamos nada automático, tudo tem sido conversado. Tenho certeza de que a investigação será retomada no momento certo."

As apurações oficiais da polícia portuguesa foram concluídas, sem sucesso, em 2008, ainda que detetives particulares contratados pelos McCann tenham continuado a buscar pistas.

Em 2010, depois de o premiê britânico, David Cameron, ter respondido a um apelo da família McCann, a Scotland Yard fez uma revisão das investigações. Na semana passada, um detetive envolvido no caso disse ao programa Panorama, da BBC, que a polícia tem uma chance significativa de encontrar Maddie.

Cinco anos

Os McCann disseram que o aniversário de cinco anos de desaparecimento da filha passou de forma menos dolorosa do que os aniversários anteriores, diante da possibilidade de novas linhas de investigação.

"Provavelmente pela primeira vez em quatro anos e meio (novas) informações estão chegando a autoridades que poderão investigá-las", declarou Gerry.

Na entrevista à BBC, Kate McCann também comentou suas impressões ao ter visto a imagem, feita por especialistas, que tenta prever a aparência de Maddie com cerca de nove anos, sua idade atual caso ainda esteja viva.

"Finalmente aceitei o fato de que ela está mais velha. Senti-me mais forte e feliz por poder vê-la." A imagem foi feita por computador e divulgada pela Scotland Yard em abril.

    Leia tudo sobre: madeleine mccannmaddie mccannlondresreino unidoportugal

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG