Batedor de carteiras é banido de Londres por dois anos

Um homem que costumava furtar dinheiro e objetos pessoais de passageiros de trens foi banido de Londres. Peter Abbott, de 46 anos, não poderá entrar na cidade nos próximos dois anos.

BBC Brasil |

Ele também foi condenado a seis meses de prisão, mas a sentença acabou sendo suspensa.

A juíza Deborah Champion determinou que Abbott permaneça na casa de seu pai, em Liverpool, e participe de um programa de reabilitação de usuários de drogas.

"Isso vai impedir que você venha às estações de trens de Londres para roubar", disse ao réu a juíza Deborah Champion.

Nas calças
Abbot foi preso em abril com 280 libras (cerca de R$ 835) escondidas nas calças. Segundo autoridades britânicas, ele costumava embarcar em trens para furtar objetos guardados nos bagageiros.

Em 10 de abril, uma câmera de vigilância interna flagrou Abbot furtando um casaco e 685 libras (aproximadamente R$ 2,04 mil) de um passageiro em um trem que havia partido da Estação de Waterloo, no centro da capital britânica.

Quatro dias depois, Abbott foi parado pela polícia. Com ele foram encontrados cartões de crédito e uma carteira furtados de um homem na estação de Euston, além do dinheiro que ele escondia nas calças.

Segundo a Justiça, Abbott já tem outras 44 condenações prévias.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG