Bashir promete eleições limpas e fim do conflito em Darfur

Cartum, 13 abr (EFE).- O presidente sudanês, Omar al-Bashir, prometeu hoje que as eleições presidenciais e legislativas de fevereiro de 2010 serão realizadas com os máximos graus de limpeza e transparência, ao mesmo tempo em que ressaltou seu compromisso em resolver o conflito na região de Darfur.

EFE |

Bashir reafirmou estes compromissos durante seu discurso na sessão de encerramento do período parlamentar, no qual delineou os eixos de sua gestão e suas medidas para o futuro.

Durante sua fala, o presidente sudanês disse que as eleições devem dar a oportunidade para uma "alternância pacífica do poder".

A expectativa é de que Bashir, que chegou à Presidência sudanesa por meio de um golpe de Estado liderado por ele em 20 de junho de 1989, concorra no pleito.

Além disso, o chefe de Estado anunciou que trabalhará "com esforço máximo para solucionar" o conflito da região de Darfur, que explodiu em fevereiro de 2003 e já matou cerca de 300 mil pessoas.

Bashir também disse querer terminar com os "grupos armados que se dedicam ao saque" dos recursos dessa região e que protegerá as organizações humanitárias que ainda restam na região, após a expulsão de uma série delas em 4 de março deste ano.

O presidente sudanês tem contra si uma ordem de detenção internacional expedida pelo Tribunal Penal Internacional (TPI) no mesmo dia 4 de março por causa de sua atuação no conflito de Darfur.

O Sudão não é signatário do estatuto que criou o TPI. EFE aa-aj-ag/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG