Base espacial atingida por terremoto na China retoma atividades

Pequim, 10 jun (EFE).- A base espacial de Xichang, em Sichuan, a província mais afetada pelo terremoto que atingiu a China em maio, retomou suas atividades com o lançamento de um satélite, após a reparação dos danos causados pelo tremor.

EFE |

A base, situada no centro da província, e que não sofreu graves danos, lançou ontem à noite o satélite de telecomunicações Zhongxing IX, fabricado pela empresa francesa Thales Alenia Space, por encomenda da companhia China Satcom.

O aparelho, de 400 toneladas, transmitirá sinais de televisão para os Jogos Olímpicos de Pequim, e com ele se espera chegar a zonas do país asiático que ainda não têm cobertura televisiva.

A base de Xichang, uma das três com as quais conta o país asiático, foi a escolhida no ano passado para o lançamento do Chang'e-I, o primeiro satélite enviado pela China à Lua.

As missões tripuladas chinesas, por sua vez, costumam partir de outra base, situada em Jiuquan, na província de Gansu (noroeste).

EFE abc/gs

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG