decisões concretas e importantes no G-20 de Washington - Mundo - iG" /

Barroso prevê decisões concretas e importantes no G-20 de Washington

O presidente da Comissão Européia, José Manuel Durão Barroso, disse neste sábado em uma entrevista à AFP em Pequim que é possível que decisões concretas e importantes sejam tomadas na cúpula do G20 em Washington, no dia 15 de novembro.

AFP |

"Durante os contato bilaterais" mantidos nos dois dias de reunião Ásia-Europa, encerrada neste sábado na capital chinesa, "vi um consenso emergente que possibilitará que a cúpula de Washington chege a decisões concretas e importantes", afirmou Barroso.

O chefe de Estado francês, Nicolas Sarkozy, presidente em exercício da União Européia (UE) já havia se manifestado no mesmo sentido, indicando que "todos compreenderam perfeitamente que não é possível se reunir apenas para falar. Decisões serão tomadas".

O G20 reúne os oito países mais ricos (G8 - Alemanha, Canadá, Estados Unidos, França, Itália, Japão, Reino Unido e Rússia), onze emergentes (Argentina, Brasil, México, China, Índia, Austrália, Indonésia, Arábia Saudita, África do Sul, Coréia do Sul e Turquia) e a União Européia (UE), representada pelo país que exerce sua presidência semestral - atualmente, a França.

Barroso disse ainda que a atual crise é uma oportunidade para que a comunidade internacional revise os acordos de Bretton Woods, estabelecidos depois da Segunda Guerra Mundial para reger o sistema financeiro.

"Podemos fazer isso agora. Se não agora, quando?", indagou o presidente da Comissão Européia, lembrando que "um ano atrás, ou mesmo há alguns meses, não era realista" defender isto.

"Acho que estamos agindo rápido. O fato da idéia de uma conferência internacional ter sido aceita tão rapidamente é uma boa amostra de que não queremos deixar esta chance escapar", estimou.

ph/ap

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG