Barroso defende resposta conjunta da Europa frente à crise

Lisboa, 27 out (EFE).- O presidente da Comissão Européia (CE, órgão executivo da União Européia), José Manuel Durão Barroso, disse hoje que a Europa deve apostar em uma resposta conjunta frente à crise financeira, durante um discurso em Lisboa.

EFE |

"A resposta à crise tem que ser nacional, mas também da Europa", assinalou Barroso, em seu discurso de abertura em virtude do trigésimo aniversário da criação da União Geral de Trabalhadores (UGT) portuguesa.

Barroso disse também que a UE atuou de forma correta e "esteve à altura", ao impulsionar como medidas urgentes o reforço dos empréstimos interbancários e o aumento dos fundos próprios dos bancos para que possam seguir ajudando empresas e lares.

O presidente da CE ressaltou que a atual crise não tem precedentes e que, por isso, defende também "respostas sem precedentes".

Segundo ele, é um cenário cujas conseqüências começam já a se deixar sentir na economia real dos europeus e do resto do mundo.

Barroso antecipou que na cúpula de líderes do G20, que reúne países desenvolvidos e emergentes, se buscará um acordo "em nível global".

"A UE apoiará regras e princípios comuns em escala global", disse Barroso, que considera a origem da crise financeira deve ser buscada nos "grandes desequilíbrios".

A UE respalda uma economia livre "mas com regras" que deve surgir das reformas que se decidam na cúpula do G20 em Washington, afirmou Barroso, que identificou na falta de controle e de transparência as origens de uma crise que, segundo ele, "pode ser também uma oportunidade".

O presidente da Comissão Européia disse que a situação atual deve servir para enfrentar reformas fundamentais nos mercados financeiros que estão fortemente interligados e sem possibilidade de atuar de forma autônoma.

No ato participou também o chefe do Estado português, Aníbal Cavaco Silva, que lembrou o papel dos sindicatos como "salvaguarda da dignidade do trabalho". EFE arm/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG