Barman que enganou jovem em disputa etílica é preso na Alemanha

BERLIM (Reuters) - Um barman foi preso na sexta-feira por servir pelo menos 44 doses de tequila a um alemão de 16 anos durante um concurso de bebida fraudado que levou o adolescente à morte, anunciou na sexta-feira a corte estatal de Berlim O barman de 28 anos serviu copos de água para ele mesmo, mas deu álcool ao adolescente durante a competição que os dois fizeram em fevereiro de 2007 para ver quem podia beber mais. Depois de cerca de uma hora, o rapaz entrou em coma, morrendo cinco semanas depois.

Reuters |

O barman, que reconheceu sua culpa, foi sentenciado a três anos e cinco meses de cadeia por causar lesão corporal grave com consequências fatais.

Dois outros funcionários do bar que ajudaram a enganar o adolescente foram condenados em julgamento anterior por causar lesões corporais graves. Eles foram sentenciados a dez meses de treinamento social, enquanto um terceiro barman foi absolvido.

O caso desencadeou uma discussão nacional sobre o abuso de álcool por adolescentes e o perigo das festas do tipo "rodízio de bebida", em que o cliente paga uma taxa fixa e pode tomar bebida alcoólica forte à vontade a noite toda.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG