Barcos com militantes palestinos querem furar bloqueio israelense em Gaza

Dois barcos transportando 44 militantes pró-palestinos decididos a passar pelo bloqueio israelense da Faixa de Gaza estavam na manhã deste sábado a duas horas das águas territoriais deste território controlado pelo Hamas, segundo o movimento que organiza a expedição.

AFP |

"Eles estão a caminho, e se encontram a duas horas de navegação das águas territoriais da Faixa de Gaza", declarou à AFP Angela Godfrey-Goldstein, porta-voz em Jerusalém do "Movimento Liberdade para Gaza".

"Eles avançaram bastante durante a madrugada", prosseguiu, destacando, no entanto, a existência de problemas de comunicação telefônica entre militantes e coordenadores da operaçõão.

"Estamos acompanhando a evolução do caso, e se eles buscam a provocação, saberemos como impedir isso", afirmou, por sua vez, à AFP Aryé Mekel, porta-voz do ministério israelense das Relações Exteriores.

Mais cedo, Israel lançou uma advertência aos militantes pró-palestinos para que não tentassem furar o bloqueio marítimo imposto à Faixa de Gaza.

Em uma carta aberta aos militantes, a chancelaria israelense afirmou: "Pensamos que suas intenções são boas, mas o resultado de sua ação é que vocês apóiam o regime de uma organização terrorista em Gaza".

Os dois barcos, batizados "Liberty" e "Free Gaza", navegam com bandeira grega e deixaram Larnaca (Chipre) na manhã de sexta-feira para furar o bloqueio imposto por Israel à Faixa de Gaza desde que o Hamas assumiu o controle deste território, em junho de 2007.

Os militantes pró-palestinos vêm de 14 países diferentes e são principalmente estudantes, juristas, médicos e jornalistas.

jk/yw/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG