Um barco pesqueiro espanhol com uma tripulação de 26 pessoas a bordo foi seqüestrado neste domingo por piratas quando pescava na costa da Somália, confirmou à AFP um porta-voz do ministério das Relações Exteriores.

Metade dos tripulantes é de nacionalidade espanhola; os outros possuem diferentes origens.

O barco, "Playa de Bakio", atacado a 250 milhas da costa da Somália, se dirige agora para a costa somali, informou pouco antes a rádio espanhola RNE, sem dar mais detalhes.

No dia 11 de abril, piratas somalis libertaram os 30 membros da tripulação de um iate de luxo francês, seqüestrado uma semana antes.

O pesqueiro espanhol foi seqüestrado na mesma área que a embarcação francesa.

ds/ap

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.