Barco com 200 imigrantes ilegais naufraga na costa do Sudão

Segundo agência sudanesa, há 197 desaparecidos e três resgatados em naufrágio de barco com destino à Arábia Saudita

iG São Paulo |

Um barco cheio de imigrantes ilegais com destino à Arábia Saudita afundou na costa do Sudão, deixando 197 desaparecidos, informou uma agência de notícias sudanesa ligada ao governo nesta terça-feira. Apenas três pessoas foram resgatadas, disse a agência Media Center, citando autoridades em Porto Sudão, às margens do Mar Vermelho.

Segundo fontes oficiais, o barco pegou fogo após quatro horas navegando. "Após o barco que as levava ilegalmente para a Arábia Saudita pegar fogo, 197 pessoas dos países vizinhos afogaram-se no Mar Vermelho, em águas do território sudanês", informou o Centro de Mídia do Sudão (CMD), citando fontes oficiais.

"A informação (publicada pelo CMD) é secreta", informou um porta-voz da polícia à AFP, afirmando que os detalhes do caso não tinham sido recebidos. O centro de mídia citou autoridades no Sudão dizendo  que a busca por mais sobreviventes estava em andamento.

Segundo as fontes, a operação de tráfico de pessoas foi planejada e realizada na localidade de Tokar, a cerca de 150 km ao sul de Porto Sudan, perto da fronteira com a Eritreia. Além disso, disseram que quatro iemenitas, que supostamente detinham o barco com bandeira cubana, foram presos.

Uma outra tentativa de tráfico de 247 imigrantes, a maioria de Somália, Eritreia, Chade e Nigéria, também pela região costeira de Tokar, no Sudão, foi frustrada, de acordo com o mesmo relatório.

*Com Reuters e AFP

    Leia tudo sobre: sudãoarábia sauditanaufrágio

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG