Roma, 22 fev (EFE).- Uma embarcação com 175 imigrantes ilegais, entre eles duas mulheres grávidas, foi localizada hoje 30 milhas ao sul da ilha italiana de Lampedusa, e os ocupantes foram transferidos a um navio da Marinha Militar, informou a Guarda Litorânea.

Dos 175 imigrantes, 44 são mulheres, sendo duas delas em estado avançado de gestação.

Todos foram recolhidos pelo navio militar "Fenice", que se dirige ao porto, mas não se sabe se eles serão levados a Lampedusa ou ao Porto Empedocle, no sul da Sicília.

Também hoje, sete imigrantes clandestinos foram detidos em Roma e dois em Catanzaro, sul do país, após se envolver em confusões entre imigrantes ilegais nos centros de acolhida nos quais se encontram, informou a Polícia. EFE jl/db

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.