Barco afunda e mata pelo menos 45 pessoas no Congo, diz governo

CONGO - Pelo menos 45 pessoas morreram e mais 100 estão desaparecidas depois que um barco afundou em um rio na República Democrática do Congo, informou uma autoridade do governo local na sexta-feira.

Reuters |

"Quarenta e cinco corpos foram resgatados até agora. As 112 pessoas desaparecidas são pescadores", disse Mathieu Bela, comissário distrital para o Ubangi do Norte, no extremo norte do Congo, na fronteira com a República Centro-Africana.

Vinte e cinco passageiros sobreviveram ao acidente, mas Bela disse que as autoridades locais não receberam nenhuma ajuda por parte do governo, devido à falta de informação e à dificuldade de acesso ao lugar.

"O acidente aconteceu na noite de quinta-feira, quando o barco atingiu uma pedra no escuro. Não há sinais nem placas, não há nada que oriente a navegação", disse.

O barco afundou no rio Ubangi, que faz parte da fronteira entre o Congo e a República Centro-Africana.

O Congo é uma nação rica em minerais, mas as estradas são praticamente inexistentes fora das cidades principais, então as viagens se limitam aos aviões e aos barcos, dada à grande quantidade de rios no país.

Os acidentes são frequentes devido à superlotação e à falta de manutenção.

Leia mais sobre naufrágios

    Leia tudo sobre: naufragios

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG