Barcelona recebe mostra de cinema brasileiro

Barcelona, 11 dez (EFE).- Nove longas-metragens brasileiros competirão, a partir desta noite, pelo prêmio Lente de Cristal, entregado por votação popular pelo Cinema Fest Brasil Barcelona, um evento que chega em 2008 à sua terceira edição.

EFE |

A mostra, produção do Grupo Infinitto, acontece até 18 de dezembro no Cinema Verdi Park da cidade de Barcelona.

O objetivo é promover a cultura audiovisual do Brasil ao redor do mundo, segundo explicou em coletiva de imprensa a representante dessa entidade no país, Viviane Spinelli.

O evento conta com o apoio da Secretaria do Audiovisual do Ministério da Cultura brasileiro, encarregado de promover, a mostra de documentários DOC TV, incluída dentro da programação do festival.

A programação, que inclui recordistas em bilheteria no Brasil, tem, entre outros, "Tropa de Elite" (2007), dirigido por José Padilha e ganhador do Urso de Ouro no festival de Berlim deste ano.

Também serão apresentados os longas-metragens "Mutum" (2007), de Sandra Kogut; "Os desafinados" (2008), de Walter Lima Jr.; "Incuráveis" (2005), de Gustavo Acioli; "Cão sem dono" (2007), de Beto Brant e Renato Ciasca; "Vidas" (2008), de Pedro Flores, e "Bye Bye Brasil" (1979), de Cacá Diegues.

A agenda se completa com "Meu nome não é Johnny" (2008), de Mauro Lima, vencedor no Cinema Fest Brasil-Miami; e "Estômago" (2007), de Marcos Jorge, recente ganhador do Festival Internacional de Cinema de Valladolid, no norte da Espanha.

Spinelli esteve acompanhada na coletiva de imprensa pelo ator João Miguel, protagonista de "Estômago" e "Mutum", e considerado "a grande revelação" de 2008 no cinema brasileiro, segundo os organizadores do festival.

O ator estará esta noite na apresentação de "Estômago", filme com que será aberto o festival.

Junto de João Miguel, durante o festival se espera a presença de figuras do cinema brasileiro como a atriz Betty Faria ("Bye Bye Brasil"), os diretores Pedro Flores ("Vidas") e Renato Ciasca ("Cão sem dono"), e o produtor de "Mutum", Flávio R. Tambellini. EFE vmm/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG