Um novo tipo de barata surgiu em Nova York, revela um estudo da Rockefeller University, especializada em pesquisa médica e biológica.

O Museu de História Natural de Nova York, que participou do estudo, identificou uma barata cujo "código de DNA difere em 4% do código da 'Periplaneta americana' ou 'barata americana', quando a diferença genética entre insetos da mesma categoria não passa de 1%", explicou à AFP Mark Stoeckle, diretor do estudo.

"Podemos sugerir que trata-se de uma nova barata" e esta "descoberta deverá interessar aos museus de história natural e aos nova-iorquinos, principalmente...

mes/LR

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.