O presidente eleito dos Estados Unidos, Barack Obama, que é negro, vai jurar o cargo sobre a Bíblia com a qual Abraham Lincoln, que aboliu a escravidão, assumiu o poder, informou o comitê organizador da cerimônia.

O comitê acrescentou que a Bíblia de Lincoln será tomada emprestada das coleções da biblioteca do Congresso para o ato.

"O presidente eleito Obama se sente muito honrado de que a biblioteca do Congresso coloque a Bíblia de Lincoln a disposição para seu juramento", disse o diretor do Comitê Executivo da Inauguração Presidencial, Emmett Beliveau.

Em 20 de janeiro de 2009, com a posse de Obama, a histórica Bíblia será usada pela primeira vez em uma cerimônia presidencial desde 1861, quando Abraham Lincoln, o 16º presidente dos Estados Unidos, assumiu o cargo.

"O presidente eleito está comprometido a ter uma posse que celebre a unidade dos Estados Unidos, e o uso desta Bíblia histórica dará uma conexão poderosa com nosso passado comum e nossa herança comum", completou Beliveau.

Lincoln, nascido no estado de Illinois, que Obama representava no Senado, foi presidente durante a Guerra Civil americana e terminou com a escravidão. Lincoln foi assassinado em 1865.

O uso da Bíblia na cerimônia de posse presidencial não é uma exigência constitucional, mas os presidentes dos Estados Unidos tradicionalmente as têm usado para jurar o cargo.

sg/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.