Barack Obama chega ao Iraque

O candidato democrata à Casa Branca, Barack Obama, chegou nesta segunda-feira ao Iraque, segundo um porta-voz da embaixada norte-americana em Bagdá, depois de ter proposto reiteradas vezes uma retirada das tropas norte-americanas em dois anos.

AFP |

"O senador Barack Obama chegou ao Iraque esta manhã como integrante de uma delegação parlamentar, com os senadores Chuck Hagel e Jack Reed", indicou o porta-voz da embaixada norte-americana em Bagdá, Armand Cucciniello.

Obama chegou procedente do Kuwait, onde fez uma parada, após uma visita ao Afeganistão, país que considera a principal frente da "guerra contra o terrorismo", e para o qual propõe o envio imediato de reforços.

"Os senadores terão um dia carregado", acrescentou o porta-voz, que não indicou onde Obama aterrissou nem se já se encontra em Bagdá.

"Haverá uma reunião com autoridades iraquianas, com os comandos da coalizão e diplomatas da embaixada dos Estados Unidos. Também terão um encontro com militares norte-americanos e com funcionários civis que trabalham no Iraque", declarou Cucciniello.

Espera-se que Obama se reúna com o primeiro-ministro iraquiano Nuri al-Maliki e com os chefes militares norte-americanos, entre eles o general David Petraeus, que assumiu recentemente o comando das forças norte-americanas no Oriente Médio.

"A partir de meu primeiro dia como presidente, darei aos militares uma nova missão: pôr fim à guerra", anunciou Obama na semana passada em um editorial no New York Times e em um discurso em Washington, acrescentando que a retirada poderá ocorrer em 2010.

Cerca de 146.000 soldados norte-americanos permanecem mobilizados no Iraque, e mais de 4.100 morreram nesse país desde março de 2003.

Esta é a segunda visita ao Iraque do senador de Illinois, após uma rápida passagem pelo país árabe em janeiro de 2006.

Obama visita o Iraque no momento em que a violência está em seus níveis mais baixos desde o início, em março de 2003, da invasão liderada pelos Estados Unidos, à qual o agora candidato à Casa Branca se opôs.

Depois do Iraque, Obama irá a Jordânia e Israel, e mais tarde continuará sua viagem por três países europeus: Alemanha, França e Grã-Bretanha.

jds/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG