OTTAWA - O presidente americano Barack Obama chegou nesta quinta-feira a Ottawa, no Canadá, para uma visita de algumas horas, como parte da primeira viagem ao exterior desde sua chegada ao poder, em 20 de janeiro deste ano.

O Air Force One de Obama partiu de Washington e pousou no aeroporto internacional de Ottawa por volta das 10h25 (12h25 de Brasília).


Obama é saudado no Canadá / AP

Do aeroporto, Obama vai até o Parlamento na limusine presidencial, um veículo blindado especial. A caravana presidencial deve chegar ao Parlamento por volta das 11h40 (13h40 de Brasília).

A agenda de seis horas inclui um almoço e uma coletiva de imprensa com o primeiro-ministro Stephen Harper e um encontro com Michael Ignatieff, novo líder do Partido Liberal, principal formação de oposiçao.

Harper, que voltou ao poder em outubro, é um conservador ideologicamente mais ligado ao ex-presidente George W. Bush que a Obama.

No entanto, insiste em que as diferenças ideológicas não devem pesar nas relações entre o Canadá e o Estados Unidos e disse esperar que a situação econômica seja o tema central do encontro com Obama.

População aguarda sob neve

Dezenas de pessoas já estão reunidas sob uma intensa nevasca nos arredores do Parlamento do Canadá, situado em Ottawa, para presenciar a visita do presidente americano, Barack Obama.

As autoridades canadenses preveem que centenas de pessoas, em muitos casos turistas que foram a Ottawa só para ver Obama, ficarão ao longo do trajeto, apesar da neve persistente que cai na capital canadense.


Pessoas esperam chegada de Obama sob forte nevasca / AP

Ao contrário do ocorrido quando seu antecessor no cargo, George W. Bush, visitou o Canadá, não estão previstas manifestações de protesto contra sua viagem.

A visita de Obama, que durará seis horas, foi apresentada pela Casa Branca como o primeiro passo da nova administração para reparar as relações de Washington com seus aliados, após os anos de unilateralismo da presidência de Bush.

Obama deve partir de Ottawa às 16h30 (19h30 de Brasília).

Leia mais sobre Barack Obama

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.