Barack Obama afirma que é um cara normal como qualquer pessoa

O candidato presidencial Barack Obama deixou de lado sua imagem de popstar para apresentar neste domingo um humilde auto-retrato, às vésperas de seu discurso na Convenção Democrata que começa nesta segunda-feira.

AFP |

Dirigindo-se a seus eleitores durante um churrasco partidário à beira de um lago em Eau Claire, Wiscosin, o senador de Illinois reclamou que os republicanos estão fazendo uma campanha destinada a criar terror a respeito de sua pessoa.

Mas garantiu que, a partir desta segunda, começando com um discurso de sua esposa Michele, os eleitores vão ouvir uma história diferente.

"Acho que vocês concluirão que será algo parecido com isso: veio da classe média, se formou , teve que pagar empréstimos estudantis, ele e sua esposa tiveram que se preocupar com a criação dos filhos pensar como reunir fundos para pagar sua faculdade", afirmou.

Também revelou por que está disputando a presidência:

"A verdadeira razão é ter a proteção do Serviço Secreto para minhas duas filhas quando entrarem na adolescência", brincou.

"Quando elas saírem com um rapaz, vão ter um daqueles homens de cara feia que não riem por perto. Eles estão armados. Eles são perigosos", acrescentou, mostrando os seguranças que cuidavam da proteção do evento.

Além disso, segundo ele, o Serviço Secreto pode levantar a ficha de qualquer futuro pretendente de suas filhas.

Obama tem duas filhas, Malia, de 10, e Sasha, de 7. As duas vão acompanhar a mãe na Convenção Democrata de Denver.

jit/cn

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG