Bar na Austrália é proibido de trocar calcinha por bebidas

A promoção de um hotel da Austrália, que ofereceria bebidas grátis para mulheres que mostrassem a roupa de baixo, foi proibida pelas autoridades que regulam o consumo de bebida alcoólica na região de Melbourne. O The Saint Hotel, em Melbourne, divulgou que mulheres que pendurassem suas calcinhas acima do bar do hotel receberiam 50 dólares australianos (cerca de R$ 73) em vales que poderiam ser trocados por bebidas.

BBC Brasil |

As mulheres que mostrassem a roupa de baixo para funcionários do bar do hotel também ganhariam bebidas de graça.

Sue Maclellan, diretora da autoridade que regula o licenciamento para venda de bebidas alcoólicas no Estado de Victoria, ordenou que a promoção, que seria realizada no próximo fim de semana, seja cancelado, segundo o jornal Herald Sun.

A promoção foi acusada de ser ofensiva, irresponsável e machista.

Britney Spears
A propaganda da promoção mostrava uma foto da cantora americana Britney Spears parcialmente exposta ao sair de um carro.

Carolyn Worth, porta-voz do Centro Contra Ataques Sexuais de Melbourne, disse ao Herald Sun que o hotel "está realmente ultrapassando os limites".

"Um vale-bebida de 50 dólares australianos significa muita bebida", afirmou. "São cinco coquetéis."
A prefeita da cidade, Janet Cribbes, por sua vez, afirmou que a promoção para o evento do bar "beira a pornografia".

Os gerentes do hotel não estavam disponíveis para comentar a polêmica causada pela promoção e por sua proibição.

O bar do The Saint Hotel já causou polêmica em junho ao contratar um anão para despejar bebidas grátis na garganta dos clientes.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG