Bandas filipinas usam instrumentos de bambu

Bandas em que todos os músicos tocam instrumentos de bambu são uma tradição nas Filipinas. As chamadas Musikong Bumbong, ou música de bambu em filipino, se concentram na capital Manila e arredores e recriam instrumentos como flautins, tubas, clarinetes, flautas e saxofones - tudo em bambu.

BBC Brasil |

As origens da tradição remontam o século 19, quando os filipinos travaram a guerra da independência contra os espanhóis.

As primeiras bandas de bambu surgiram entre os revolucionários filipinos no bairro de Malabon, que até hoje é um dos principais centros musicais do país.

Gilbert Ramos é um representante da quarta geração de músicos revolucionários de Malabon. Descendente de um dos fundadores da banda original, em 1896, ele procura manter a tradição.

"Como descendentes de revolucionários e músicos, continuamos a tocar por causa de uma promessa, um voto que mesmo depois da morte dos nossos parentes vamos manter a música de bambu viva e passá-la adiante", diz Ramos.

E a tradição vem se perpetuando. Atualmente, a Banda Kawayan da Universidade Politécnica das Filipinas é composta por estudantes que executam peças tradicionais e modernas em festivais e conferências dentro e fora do país.

Além de tocar, os integrantes da banda também dançam.

De preço bem mais acessível do que os instrumentos de bandas tradicionais, os instrumentos de bambu requerem uma habilidade no canto.

"Se você tentar fazer músicos de metais tocarem instrumentos de bambu, vai perceber que muitas vezes eles não conseguem, porque estão acostumados a soprar ar para fazer música", diz o luthier Teófilo Magat.

"Eles não se dão conta de que se você não sabe cantar bem, vai ser difícil aprender a tocar bambu", acrescenta.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG