Banco da Ásia cria fundo de 40 milhões de dólares contra mudanças climáticas

O Banco Asiático de Desenvolvimento (BAsD) anunciou nesta segunda-feira a criação de um fundo de 40 milhões de dólares contra as mudanças climáticas, que representam uma ameaça fundamental para esta região.

AFP |

O Fundo para as Mudanças Climáticas contará com "uma contribuição inicial de 40 milhões de dólares" (26 milhões de euros), anunciou o presidente do BAsD, Haruhiko Kuroda, na abertura da assembléia anual do banco, realizada em Madri.

O BAsD se comprometeu no futuro a "aumentar consideravelmente a atenção dedicada às conseqüências do crescimento econômico, o que inclui as mudanças climáticas", já que estas "são uma ameaça fundamental para os objetivos de desenvolvimento da Ásia, para a vida e para os meios de subsistência", segundo seu presidente.

O Fundo para o Carvão do banco, financiado por sete países europeus, dedicará cerca de 150 milhões de dólares ao financiamento de projetos de energias limpas, que se somarão a outros 100 milhões de dólares para fomentar estes planos nos próximos três anos.

Com isso, o BAsD quer, em um prazo de quatro anos, que o meio ambiente e as mudanças climáticas "representem uma parte significativa" às ajudas e empréstimos concedidos pela instituição.

wdb/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG