Ban visitará Mianmar para conversar com Junta Militar local

Nações Unidas, 29 jun (EFE).- O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, visitará Mianmar nos próximos dias 3 e 4 para dialogar com a Junta Militar local sobre a transição do país rumo à democracia e a libertação de presos políticos, anunciou hoje a porta-voz do organismo mundial, Michèle Montas.

EFE |

Segundo Montas, Ban também falará com o Governo birmanês sobre o processo contra a líder opositora e Prêmio Nobel da Paz Aung San Suu Kyi.

Suu Kyi foi presa em maio passado acusada de descumprir os termos de sua prisão domiciliar, depois de o americano John Michael Yettaw ter conseguido entrar na residência da líder opositora burlando as medidas de segurança.

A chefe da Liga Nacional para a Democracia (LND), de 64 anos, cumpria desde 2003 uma pena de prisão domiciliar. Caso seja declarada culpada, pode ser condenada a até cinco anos de prisão e não poderá concorrer às eleições parlamentares birmanesas previstas para 2010.

Ban considera que assuntos como os presos políticos, a criação das condições para realizar eleições confiáveis e o reatamento do diálogo entre Governo e oposição "devem ser abordados nesta conjuntura do processo político deste país", apontou a porta-voz.

Montas disse que o principal responsável da ONU tem intenção de aproveitar o progresso conseguido em sua última visita a Mianmar, em maio de 2008, quando conseguiu que o regime militar permitisse a entrada no país de ajuda internacional depois da passagem do ciclone "Nargis".

Diversas organizações de defesa dos direitos humanos, como a Human Rights Watch, alertaram nas últimas semanas que a visita do secretário-geral da ONU a Mianmar seria inoportuna caso a Junta Militar não dê sinais de que vai libertar presos políticos.

A própria Suu Kyi já disse que Ban não deveria ir ao país até que o Governo libertasse todos os opositores e dissidentes presos, calculados em 2.200, segundo a Associação de Assistência aos Presos Políticos. EFE jju/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG