Ban vai ao O.Médio intensificar diplomacia por cessar-fogo

Nações Unidas, 13 jan (EFE).- O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, viaja hoje ao Oriente Médio para intensificar a diplomacia em favor de um cessar-fogo em Gaza, e para que as agências humanitárias possam entrar na faixa para ajudar os palestinos.

EFE |

Ban começa a viagem "frustrado e preocupado" com a recusa do Governo de Israel e do movimento radical palestino Hamas de acatar a resolução 1.860 do Conselho de Segurança da ONU para pôr fim à violência na Faixa de Gaza.

O objetivo da viagem de quase uma semana é pressionar os líderes da região para conseguir que as duas partes aceitem um cessar-fogo e negociem uma solução duradoura para um conflito que hoje entra em seu 18º dia, com um saldo de 920 palestinos e 13 israelenses mortos.

A primeira escala da viagem do secretário-geral da ONU será o Cairo, onde amanhã se reunirá com o presidente do Egito, Hosni Mubarak, e o secretário-geral da Liga Árabe, Amre Moussa.

Em seguida, Ban visitará Amã, capital jordaniana, para se reunir com o rei Abdullah II, que respaldou publicamente a iniciativa de Mubarak para conseguir um cessar-fogo em Gaza.

Em 15 de janeiro, Ban deve visitar Tel Aviv e Jerusalém, para se reunir com o primeiro-ministro de Israel, Ehud Olmert, e os ministros de Exteriores, Tzipi Livni, e de Defesa, Ehud Barak.

Depois, viajará a Ramala, para se encontrar com o presidente da Autoridade Nacional Palestina (ANP), Mahmoud Abbas, e o primeiro-ministro Salam Fayyad.

No entanto, o diplomata não visitará a Faixa de Gaza devido, em razão do conflito. EFE emm/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG