alarmado com atos de violência contra a oposição do Zimbábue - Mundo - iG" /

Ban se diz alarmado com atos de violência contra a oposição do Zimbábue

Nações Unidas, 18 jun (EFE).- O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, disse hoje estar profundamente alarmado com os atos de violência e intimidação sofridos pelos opositores ao Governo do Zimbábue.

EFE |

A porta-voz das Nações Unidas, Michèle Montas, afirmou que Ban transmitiu sua preocupação pela situação no país durante uma reunião informal com membros da Assembléia Geral da organização.

O diplomata declarou que "a violência, a intimidação e a detenção de líderes da oposição não são propícias para a realização de eleições confiáveis", disse Montás.

Segundo a porta-voz, Ban advertiu que, se a situação de violência não mudar, "colocará em dúvida a legitimidade do resultado das eleições" de 27 de junho, quando acontecerá o segundo turno do pleito presidencial.

O secretário-geral também informou os membros da Assembléia Geral sobre suas recentes viajes a países europeus, à Arábia Saudita e a Mianmar.

Por sua vez, o embaixador adjunto dos Estados Unidos na ONU, Alejandro Wolff, disse que a secretária de Estado de seu país, Condoleezza Rice, incluirá a situação do Zimbábue entre os assuntos que abordará na visita prevista para amanhã à sede das Nações Unidas.

Nesta quinta-feira, Rice vai presidir uma reunião do Conselho de Segurança. Depois, participará de uma mesa-redonda com outros representantes diplomáticos, na qual pretende mencionar "os obstáculos à realização de eleições livres" no Zimbábue , disse. EFE jju/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG