NAÇÕES UNIDAS (Reuters) - O secretário-geral da ONU, Ban Ki-Moon, disse na sexta-feira ao primeiro-ministro de Israel, Ehud Olmert, que está frustrado com o fato de ter sido ignorada a trégua em Gaza, determinada em uma resolução aprovada na véspera pelo Conselho de Segurança. Em telefonema a Olmert, Ban expressou frustração por a violência continuar no terreno, em desrespeito pela resolução de ontem do Conselho de Segurança, segundo sua porta-voz Michele Montas.

Olmert qualificou de "inviável" a resolução que exige um cessar-fogo "imediato e durável", depois de duas semanas de uma ofensiva militar de Israel que visa a impedir que o Hamas dispare foguetes contra o seu território.

Dirigentes do Hamas disseram que o grupo islâmico que governa a Faixa de Gaza está avaliando a resolução da ONU, mas criticaram o fato de a facção não ter sido consultada.

Israel disse que os militantes palestinos continuaram disparando foguetes.

(Reportagem de Patrick Worsnip)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.