Ban recomenda ampliação do mandato de missão da ONU nas Colinas de Golã

Nações Unidas, 12 jun (EFE).- O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, recomendou ao Conselho de Segurança do órgão que amplie por mais seis meses, até o final de 2009, o mandato da missão (Undof) que observa o cumprimento do cessar-fogo entre Israel e Síria.

EFE |

Em seu relatório ao Conselho divulgado hoje, Ban assinala que de maneira geral a situação nesse território sírio é de tranquilidade e que os capacetes azuis ali desdobrados realizam suas funções de forma efetiva.

"No entanto, a situação no Oriente Médio é tensa e continuará assim a menos que se chegue a um acordo global sobre todos os problemas da região", acrescenta no documento o responsável das Nações Unidas.

Além disso, assinala que sob essas circunstâncias atuais a presença dos capacetes azuis nas Colinas de Golã "continua sendo essencial".

O secretário-geral da ONU também transmitiu aos 15 membros do Conselho, principal órgão de decisões da instituição, que "os Governos israelense e sírio estão de acordo com a ampliação proposta".

"Espero que ambas as partes prossigam os esforços para pôr um fim às limitações de movimentos que afeta a Undof e seja facilitado o acesso aos abastecimentos", acrescentou Ban. EFE emm/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG